Skip to main content

A Passagem – Ventania

Espalhando o amor

Sentado no meu pano aqui no chão enxergo passo desse povo
Caminhar em rumo ao tempo gerações vão se passando…
Vai passando um a um
Vai passando um a um

Dos tempos mais remotos que se perdem na história de um planeta
Habitado por humanos ta passando…
Ta passando um a um
Ta passando um a um

Dos tempos mais antigos os Hebreus já escreviam a contagem dos
Astecas e os maias que sumiam sopra o vento espalha as
Cinzas de vulcões adormecidos pelo tempo é a terra que girava
Galileu já me dizia
Ta passando um a um
Ta passando um a um

Ta passando home a home…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: